Páginas

quinta-feira, 17 de março de 2011

Quem são nossos profetas?


pensamentoConsidero o movimento Pentecostal um dos mais importantes marcos da história do cristianismo. No ínicio do século, as reuniões presididas por William Seymour na Rua Azusa, e a sua expansão pelos EUA,  foram sem sombra de dúvida uma grande resposta ao crescimento do racionalismo no inicio do século passado, que influenciou muitos teólogos da época, que passaram a questionar  bases do cristianismo, como o pecado original e a existência de um Deus pessoal que se relaciona com os seres humanos. O movimento Pentecostal surgiu como uma espécie de protesto espiritual contra o "secularismo" na igreja no ínicio do século XX.

Como vimos o movimento Pentecostal trouxe muitos avanços a Igreja, porém, infelizmente também  trouxe  em sua bagagem, vários fatores que determinaram um retrocesso nas igrejas.


Entre eles, existe um que me preocupa, que é o anti-intelectualismo. O contato mais apurado ao Espírito Santo que o pentecostalismo apregoa, fez com que, dentro do seio da igreja, muitos pastores  simplesmente deixassem de  dar importância ao conhecimento bíblico, valendo-se da máxima de que mesmo sem meditar na Palavra, ou preparar um estudo ou sermão para falar a igreja o Espírito vai "revelar" o que tem que ser dito. Não duvido do poder do Espírito Santo , mas sempre acreditei que Deus trabalha baseado em príncipios, e a Bíblia diz em João 14:26 que  "o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse."
 

As perguntas que eu faço são: como o Espírito poderá ensinar se não se despuserem a aprender ? Como eles se lembrarão de algo que nunca viram? 
Não é anormal vermos este tipo de "profetas" que lêem apenas um versículo ou um texto conhecido apenas para dizer que não leram a biblia, e saem falando coisas aleatórias, e não se preocupam em ensinar, mas apenas em fazer promessas a granel, descontextualizar verdades biblicas para seus interesses, brincar de adivinhador e lançar frases genéricas na igreja, como por exemplo: "Alguém aqui está passando um problema, mas Deus manda dizer... etc e tal", como se fosse dificil imaginar que é óbvio que as pessoas na igreja passam por problemas.

A Palavra é para ser ensinada. Não é atoa que a bíblia diz que "o povo erra por falta de conhecimento". A bíblia é o único lugar onde encontramos todas as respostas para os nossos dilemas humanos e o pleno conhecimento de Deus,  e não podemos nos dar ao luxo de ignorá-la em nossos cultos e reuniões. A Palavra é a única que pode mudar nosso carater e transformar o nosso ser, e fazer-nos experimentar a novidade de vida que nos é prometida.

Se a biblia é importante para nós, imagine para aqueles que se dizem profetas, pregadores e afins. Estes devem ter   a bíblia como livro de cabeceira, para que o Espírito através de sua Palavra possa usá-lo como instrumento nas mãos de Deus.

Infelizmente, muito dos nossos "profetas" em nome das "revelações sem nexo" usam a Bíblia para tentar justificar suas loucas teologias, e transformaram o pentecostalismo de um movimento com propósitos de resgate de valores e depertamento do relacionamento com Deus através do Espírito Santo, em uma forma de alienação de massas e controle ideológico. Por isso que vemos todos esses absurdos que são feitos em nome de Deus, em ministérios populistas, sensacionalistas e gananciosos, e consequentemente vemos um povo que caminha norteados pelo engano, achando que estão vivendo a plena vontade de Deus, mas na verdade nem chegaram conhecer o significado da palavra: Graça.

Deus tenha misericórdia de nós.
mix_073.gif (9142 bytes)

"Disse Jesus aos judeus que haviam crido nele: “Se vocês permanecerem firmes na minha palavra, verdadeiramente serão meus discípulos. E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará” (João 8:31-32).

Um comentário:

  1. Olá, achei seu blog por acaso quando procurava para material de estudo sobre teologia, patrística, iconografia, epigrafia, arqueologia bíblica, etc.

    E acredito que você possa se interessar por esses blogs

    http://patristicabrasil.blogspot.com/, história e patrística da igreja do século I ao VIII, todo em português.

    http://iconografiascristas.blogspot.com/, Ícones antigos da igreja.

    http://angelusexverum.blogspot.com, que pretende comprovar verdades da Igreja a partir de achados arqueológicos.

    ResponderExcluir